segunda-feira, 22 de novembro de 2010

DRENAGEM LINFÁTICA

TIPOS DE CIRURGIA PLÁSTICA QUE NECESSITAM DE DRENAGEM LINFÁTICA:

  •  Hidrolipoaspiração
  •  Lipoaspiração
  •  Abdominoplastia
  •  Mamoplastia
  •  Blefaroplastia
  •  Rinoplastia

O QUE É SISTEMA LINFÁTICO?
O sistema linfático faz parte do sistema imunológico do corpo. Ele desempenha papel importante nas defesas do corpo contra a infecção e alguns outros tipos de doenças. Assim como o sistema sangüíneo, o sistema linfático faz parte do sistema circulatório, mas possui um fluido conhecido por linfa, em vez de sangue. O sistema linfático ajuda a transportar substâncias – células, proteínas, nutrientes, produtos residuais (toxinas). Os vasos linfáticos têm a função de drenar o excesso de líquido que sai do sangue e banha as células.
ATUAÇÃO DA DRENAGEM LINFÁTICA:
  •  Drenagem linfática pós-operatório/cirurgia plástica
  •  Drenagem linfática no fibro edema gelóide (celulite)
  •  Drenagem linfática em gestantes
  •  Drenagem linfática pós-cirurgia vascular
  •  Drenagem linfática em linfedema crônico
  •  Drenagem linfática pós-mastectomia parcial ou total (retirada da mama)
  •  Drenagem linfática em edemas (inchaços generalizados ou localizados nas pernas, tornozelos, pálpebras)
ALGUNS BENEFÍCIOS DA DRENAGEM LINFÁTICA:
  •  Acelera a recuperação pós-cirurgia plástica
  •  Reduz o edema (inchaço) e evita fibrose (ondulações endurecidas durante cicatrização cirúrgica)
  •  Ajuda a combater a celulite
  •  Reduz medidas eliminando retenções de líquidos no organismo
  •  Alivia os sintomas da tensão pré-menstrual
  •  Previne aparecimento das varizes
  •  Melhora do cansaço nas pernas
  •  Diminui inchaços na gravidez
  •  Promove relaxamento
  •  Reduz olheiras
  •  Atua no rejuvenescimento
  •  Reduz hematomas

COMO É FEITA A DRENAGEM LINFÁTICA?
A drenagem linfática é realizada com manobras manuais com movimentos suaves, pressão delicada, de forma lenta, rítmica e relaxante. Estimula o fluxo linfático e elimina o excesso de líquido do organismo, além de evitar fibrose no pós-cirúrgico. Deve ser feita seguindo a direção do retorno linfático, exigindo um bom conhecimento anatômico da circulação linfática. Nunca realizar pressão vigorosa promovendo equimoses (manchas roxas) e dores.
O TEMPO DE DRENAGEM LINFÁTICA NA SESSÃO?
A sessão de drenagem linfática tem duração aproximada de 50 (cinqüenta) minutos.
CONTRA-INDICAÇÃO DA DRENAGEM LINFÁTICA:
Infecções, tumores malignos, trombose venosa profunda, erisipela, flebites, inflamação em fase aguda, estado febril, insuficiência renal, hipertensão arterial não controlada.
COMPLICAÇÕES DE DRENAGEM LINFÁTICA APLICADA DE FORMA INCORRETA:
  •  Piora do edema/ inchaço
  •  Aumento da dor
  •  Piora e/ou formação de equimoses (manchas roxas)
  •  Formação de nódulos ou fibrose/aderência na pele pós-recuperação cirúrgica
NÃO FAÇA DRENAGEM LINFÁTICA COM PROFISSIONAL DESQUALIFICADO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário